Gestão de resíduos na construção civil

Os impactos negativos da construção civil vão desde o consumo dos recursos naturais e modificação da paisagem, até a geração de resíduos. Esses impactos comprometem não só o equilíbrio do meio ambiente, mas também os princípios sanitários das cidades.

 

Nos impactos causados pelo consumo de recursos naturais, estima-se que a cadeia de ações da construção civil seja responsável pelo consumo de cerca de 50% todos os recursos naturais disponíveis, renováveis e não renováveis.

 

Com relação a geração de resíduos, segundo o Ministério das Cidades, no Brasil, os resíduos da construção civil são responsáveis por mais da metade do volume de resíduos sólidos gerados em meio urbano.

 

Assim como os prejuízos causados pelos impactos dos resíduos sobre a economia, saúde e ambiente é uma questão em que todos são prejudicados, a sociedade como um todo é beneficiada pelos impactos positivos relacionados à gestão consciente na construção civil.

 

É possível afirmar que o desperdício de matérias e o descarte de resíduos gera custos tanto para a empresa como para sociedade em geral. Isso porque, o material desperdiçado gera gastos pra empresa, que repassa parte do prejuízo para o consumidor final.

 

O grande desafio que o setor da construção civil tem é, portanto, conciliar a magnitude da produção, com condições que contribuam não apenas para a construção da estrutura da cidade, mas que contribua também para a construção de uma cidade sustentável; pensada e preparada para as gerações futuras.

Deixe seu comentário:

Confira também:

03 de Setembro - Dia do Biólogo

14 de Outubro - Dia Internacional para Prevenção de Desastres Naturais

Ambiética 15 anos - Homenagem ACI